11 de abr de 2013

1 ano de Dudalina no Shopping Tamboré

Um pouco da história da marca Dudalina. Matéria tirada do Globo News


Desde que entrou no mercado de moda feminina, a camisaria catarinense Dudalina não para de crescer. A fabricante tradicional no segmento de camisas para homens soube ouvir a voz do mercado e criar uma marca que veste as executivas brasileiras.
A Dudalina nasceu por acaso, quando uma das fundadoras, Dona Adelina, resolveu aproveitar um lote de tecido encalhado no armazém da família e confeccionar camisas. Com modelos vendidos no local e nas cidades vizinhas, novas costureiras foram contratadas, o negócio prosperou e não parou de crescer. Nascia, assim, a maior fabricante de camisas masculinas do país. Hoje, a marca Dudalina planeja sua expansão internacional.
A empresa conquistou o respeito e a liderança no mercado brasileiro com base em dois pilares: a venda para multimarcas e a confecção de roupas masculinas. Com mais 50 anos de prática, a Dudalina adquiriu know-how e montou um parque industrial de respeito: são cinco fábricas que produziram durante anos para grifes brasileiras e estrangeiras.
A qualidade de seus produtos é notória. Já costuraram peças para Dior, Ralph Lauren e Tommy Hilfiger. Mas com a valorização do real, a empresa mudou de estratégia, diminui a dependência da exportação e passou a focar no mercado nacional. Para isso, profissionalizou a gestão e investiu em marcas próprias: a Individual, a Base e a Dudalina Masculina e Feminina, cada uma voltada para o público das classes A e B, do jovem ao executivo.
A guinada deu certo. As marcas exclusivas multiplicaram os lucros da empresa. Nos últimos anos, o crescimento médio anual da empresa é de 25%, e em 2011, ela faturou R$ 270 milhões. Até 2016, pretende chegar a R$ 1 bilhão de faturamento. Para isso, a companhia investe pesado em marketing e na abertura de lojas próprias da marca Dudalina. A transição para varejo foi um momento delicado, devido aos 50 anos de gestões familiares.
Em 2010, a empresa inaugurou a Dudalina 595, a loja conceito da marca. No ano seguinte, já tinha 52 lojas próprias e algumas franquias espalhadas pelo Brasil. A meta é chegar ao final de 2012 com 75 estabelecimentos. Todo ano, 4% do faturamento vão para a publicidade.
Por ano, três coleções são desenvolvidas por equipes de estilo distintas. A exceção é a feminina, com uma coleção a mais. A cada estação, a Dudalina lança em média 150 modelos de camisas por marca. As peças são desenvolvidas na fábrica de Blumenau.
Depois de agrupadas, seguem para a costura em outra unidade do grupo. A Dudalina emprega quase duas mil pessoas.
Agora, a marca parte para o projeto mais ambicioso de sua história: consolidar sua presença no varejo com lojas próprias da marca Dudalina, voltada para executivos bem sucedidos, sejam eles homens ou mulheres. E o próximo passo é vender moda fora do país, com a marca feminina. O ponto de partida é o exigente mercado italiano.


Com tantas opções de cores e modelos fica impossível escolher uma só.



Cliente lá tem um atendimento especial e nesse dia fomos recepcionadas com espumante e cupcake, quer coisa melhor que isso ?




No final das contas ... 




Nenhum comentário:

Postar um comentário